Início Liga Rui Santos: “É, no mínimo interessante, o Papa falar de padres”

Rui Santos: “É, no mínimo interessante, o Papa falar de padres”

0
0
COMPARTILHE

Pinto da Costa deu uma grande entrevista ao jornal O Jogo, momento que aproveitou para tecer duras críticas ao Benfica e à qualidade da arbitragem portuguesa. O presidente do FC Porto acabou mesmo a retirar mérito a este possível campeonato do Benfica, dizendo que o campeonato se decidiu nos jogos que os encarnados fizeram com o Feirense, Braga e Rio Ave.

Tudo isso, porque Pinto da costa acredita que os encarnados foram beneficiados nessas partidas, sendo ‘empurrados’ para vitórias que lhes permitirão agora enfrentar a última jornada do campeonato na liderança do campeonato.

Rui Santos foi bastante crítica quanto à entrevista do presidente do FC Porto. No seu habitual espaço de comentário, na SIC Notícias, o comentador mostrou que acredita que Pinto da Costa está, desta forma, a tentar desculpabilizar o FC Porto dos erros cometidos, ao longo da temporada.

De acordo com Rui Santos, não foram somente os árbitros os grandes protagonistas nesta recuperação do Benfica. Na opinião do comentador, o FC Porto perde uma boa vantagem no campeonato, por culpa própria e por vários erros cometidos.

Questões técnico-tácticas, o comportamento dos jogadores, que não estiveram tão competentes como no início da temporada acabaram por resultar numa perda de pontos, que se revelou crucial, depois, nestes últimos encontros.

Portanto, na opinião de Rui Santos, houve muito de “culpa própria” nesta perda de liderança do FC Porto, uma culpa que terá sempre que ser atribuída ao treinador e equipa técnica, jogadores e também a própria liderança de Pinto da Costa.

Para Rui Santos, o objetivo de Pinto da Costa será mais desresponsabilizar a sua liderança e o trabalho da sua equipa, mandando uma mensagem aos adeptos do FC Porto de que o campeonato é perdido por causa das arbitragens e não pelos erros cometidos pelo FC Porto. Rui Santos diz mesmo que Pinto da Costa quis “sacudir a água do capote” e vai mesmo mais longe.

De uma maneira irónica e até com algum sarcasmo à mistura, Rui Santos disse: “É, no mínimo interessante, o Papa falar de padres”. Rui Santos referiu-se a Pinto da Costa e a sua abordagem aos árbitros, chamando-os de ‘padres’, mas o comentador lembrou que Pinto da Costa é chamado o ‘Papa’ do futebol português, pelo seu poder e domínio ao longo de todos estes anos.

Comments

comments

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here