Início Champions Rui Pedro Brás crítica atitude de Seferovic

Rui Pedro Brás crítica atitude de Seferovic

0
0
COMPARTILHE

Foi um gesto que ficou muito mal ao avançado suíço e que não caiu nada bem aos adeptos benfiquistas. Seferovic mandou calar os críticos depois de apontar o golo do Benfica, vindo do banco de suplentes. Várias foram as vozes que se levantaram contra esta atitude.

Rui Pedro Brás, comentador da TVI 24, foi muito duro e diz não perceber a atitude do avançado suíço, que foi o melhor marcador da época passada, mas que este ano está irreconhecível, tendo apenas marcado o segundo golo da temporada.

“Este gesto não fica nada bem ao avançado do Benfica. Quem é que estava a mandar calar? Ali não estavam os adeptos do Leipzig mas sim os da sua própria equipa. Seferovic só tem que olhar para si próprio e perceber porque se apresentou com índices físicos tão baixos e a capacidade de reação está muito longe do desejável”, disse no rescaldo da derrota do benfica.

Muitos foram os adeptos que mostraram o desagrado nas redes sociais e não percebem a atitude do Internacional suíço: “Até parece que marcou o golo da vitória! Que petulante…”, “Eu grito_lhe injúrias qqunado falha, ele exige-me silêncio quando marca. Tudo normal, faz parte do espetáculo, não há drama.”

“Mais de metade da malta anda a pagar quotas e depois apertam o cinto ao orçamento familiar, pobre das mulheres e dos filhos que são privados de muitas coisas. Andar a pagar quotas para esses gajos andarem todos os dias nos bons restaurantes, a passear nos em Porsches e férias milionárias. Cala-te”, foram alguns dos comentários encontrados nas redes sociais.

Recorde-se que os três golos da partida foram marcados na segunda parte do encontro. O avançado alemão Timo Werner marcou oas 69 e 78 minutos. Aos 83, Haris Seferovic reduziu para o Benfica, dando esperança ao possível empate que, contudo, não veio a suceder. O Leipzig lidera o grupo com 3 pontos seguido de Zenit São Petersburgo e Olympique Lyon que empataram no outro jogo

Os encarnados jogaram com Odisseas Vlachodimos; Tomás Tavares, Rúben Dias, Ferro e Alex Grimaldo; Pizzi, Ljubomir Fejsa, Adel Taarabt e Franco Cervi; Jota e Raúl de Tomás. Jogaram ainda Nuno Tavares, Haris Seferovic e Rafa Silva. No banco de suplentes ficaram Ivan Zlobin, Caio Lucas, Jardel e David Tavares. Nota para as ausências de André Almeida e Andreas Samaris que foram para as bancadas.

Comments

comments

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here