Início Liga FC PORTO TRAMADO: Caiu na net foto do hacker com elementos do...

FC PORTO TRAMADO: Caiu na net foto do hacker com elementos do FC Porto

0
0
COMPARTILHE

Diogo Faria, que foi colega de Rui Pinto, poderá ter sido apanhado a mentir sobre a relação que tinha com o hacker que roubou o Benfica. Em declarações à CMTV, o comentador do Porto Canal e co-autor do livro Polvo Encarnado, com Francisco J. Marques, referiu que mal conhecia Rui Pinto e que não tinham amigos em comum.

Novas imagens divulgadas pela CMTV mostram a fragilidade da argumentação de Diogo Faria. Há pelo menos um jovem – que será amigo de ambos – que aparece em fotografias com Rui Pinto, o pirata informático, e com Diogo Faria.

“Os fãs têm de perceber que com cada bilhete, cada equipamento que compram e cada subscrição televisiva que fazem, estão a alimentar um sistema extremamente corrupto que funciona apenas para si (…) Há ligas na Europa que são controladas apenas por três ou quatro agentes. Eles fazem transferências contínuas com presidentes de clubes corruptos. O sistema do futebol está a consumir-se a si próprio por dentro”, dizia “John” ao Der Spiegel em dezembro de 2016, numa longa reportagem de investigação com o título “O homem por trás do Football Leaks”. “De onde veio a maior fuga de sempre na história do desporto? Um encontro com o homem que expôs os truques fiscais e as práticas comerciais obscuras dentro do negócio do futebol”, salientava.

“Trata-se de Rui Pinto, um português de 27 anos, residente em Budapeste e com passado com delitos como hacker. E presente, ao que parece. Rui Pinto utilizou diversas técnicas de hacking para conseguir o material, para sacar para o domínio público os contratos de múltiplos jogadores e clubes. Além disso, contou com a ajuda de mais pessoas. Entre elas, o seu advogado, Aníbal Pinto, com quem comunicava mediante TOR [software que permite fazer comunicações anónimas], impedindo assim que fosse descoberto”, escreveu o jornal Marca em março de 2016, prosseguindo: “Rui Pinto esteve envolvido em ataques informáticos no passado. Em 2013, ‘hackeou‘ o Caledonian Bank, das Ilhas Caimão, e conseguiu a informação suficiente para transferir 300 mil dólares para o Deutsche Bank, mas foi identificado na intenção e detido. Foi aí que chegou Aníbal Pinto. O seu advogado salvou-o de uma pena maior e, no final, apenas tiveram de pagar uma multa de 100 mil dólares”. De forma mais resumida e sem grandes detalhes, essa informação saiu no mesmo dia no jornal As.

Também Francisco J. Marques deixou a garantia de que não conhece Rui Pinto, o famoso ‘hacker’ que é indiciado de ter roubado todos os e-mails do Benfica nos últimos meses.
«Estou na Alemanha e acabei de receber esta imagem da emissão da CMTV. É mentira, não conheço este Rui Pinto e a CMTV sabe que está a mentir, o que é grave. Os únicos piratas que conheço são uns que estão acusados de corrupção. Conheço eu e conhece toda a gente.»

Comments

comments

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here