Início Champions Benfica com grande ausência para o jogo de Munique

Benfica com grande ausência para o jogo de Munique

0
0
COMPARTILHE

Argentino recuperou de uma entorse no tornozelo esquerdo que o afastou do jogo com o Arouca, mas no domingo apresentou queixas no treino matinal.

Toto Salvio é baixa para o jogo de terça-feira frente ao Bayern Munique, relativo à 5.ª jornada da fase de grupos da Liga dos Campeões. O extremo apresentou queixas na parede abdominal durante o treino que a equipa encarnada fez na manhã de domingo no Caixa Futebol Campus e, por essa razão, não está em condições para rumar esta segunda-feira entre os convocados que vão à Alemanha.

Segundo o jornal O Jogo, o argentino voltará a ser reavaliado pelo departamento clínico do Benfica entre hoje e amanhã, ficando daí dependente o apuramento do tempo de paragem do jogador, que está, dessa forma, pelo menos em dúvida também para a receção ao Feirense, agendada para sábado próximo, no regresso da I Liga.

Além de Salvio, Ebuehi e Yuri Ribeiro são os jogadores que constam do boletim clínico do Benfica. cEm relação ao triunfo sobre o Arouca (2-1), na Taça de Portugal, Rui Vitória fez regressar o guarda-redes Vlachodimos, os médios Fejsa e Cervi e o avançado Castillo. O avançado Ferreyra saiu da convocatória, tal como Samaris, que não está inscrito.

Eis os jogadores convocados por Rui Vitória:

Guarda-redes: Svilar, Bruno Varela e Odysseas Valchodimos;
Defesas: Conti, Grimaldo, Rúben Dias, Corchia, Lema e André Almeida;
Médios: Fejsa, Gabriel, Cervi, Alfa Semedo, Zivkovic, Krovinovic, Pizzi, Rafa, João Félix e Gedson;
Avançados: Jonas, Seferovic e Castillo.

Em 12 jogos da Bundesliga, o Bayern concedeu 17 golos, mais de um por cada partida, ponto que tem contribuído decisivamente para que os bávaros estejam a nove pontos do líder Dortmund e na quinta posição. A crise está instalada no emblema de Munique na véspera da receção às águias, tendo-se agudizado com o empate caseiro frente ao Fortuna Dusseldorf (3-3).

Mais três tentos permitidos por uma defesa que tem comprometido e cujas falhas o próprio treinador do Fortuna, Friedhelm Funkel, apontou de forma individual. “Eles [os defesas], nomeadamente Sule, Hummels e Boateng, não estão com autoconfiança nem velocidade, o que tornou a nossa vida mais fácil nos segundo e terceiro golos. Eles estão a facilitar os adversários, pois a sua base defensiva está muito fraca”, assinalou Funkel, em declarações reproduzidas no jornal “Der Spiegel”.

Boateng é, de resto, o principal alvo da análise de Friedhelm Funkel. “Nenhum treinador no mundo se pode aguentar quando Boateng joga no fora de jogo apenas porque se sente mais confortável assim do que depois a correr atrás. Ele avançava dois passos para evitar ter de correr atrás de Lukebakio, o que não pode acontecer contra jogadores de classe mundial”, explica o técnico do Fortuna, que viu o seu avançado bater três vezes o experiente Manuel Neuer.

A receita que se pode aplicar ao Benfica para também surpreender o campeão alemão amanhã é simples, na visão de Funkel. “Agora, as equipas sabem que conseguem marcar golos ao Bayern em jogadas de contra-ataque, que a sua equipa não se encontra estável”, diz o treinador, que considera “ser lamentável” que possam existir “vozes dentro da equipa contra Niko [Kovac]”.

Comments

comments

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here