Início Vídeos As palavras de Rodolfo Reis que estão a chocar os benfiquistas

As palavras de Rodolfo Reis que estão a chocar os benfiquistas

0
0
COMPARTILHE

O programa Play-off, da SIC Notícias, foi muito animado e quando o tema foi o Benfica e as acusações do caso e-toupeira criou-se uma grande discussão. Rodolfo Reis foi peremptório em afirmar que as acusações são muito graves e que ‘o Benfica deve descer de divisão, por muito que custe a ti [João Alves] e à maioria dos adeptos benfiquistas que são honestos’.

Rui Santos disse que o Benfica corre muitos riscos ao manter Paulo Gonçalves em funções no clube e que pelo menos os danos morais, má imagem na opinião pública, já ninguém tira ao clube liderado por Luís Filipe Vieira. O próprio cometador do Benfica, João Alves concordou com os restantes membros do painel – Manuel Fernandes, do Sporting.

Isto no dia em que o Benfica requereu a consulta de toda a matéria processual relativa ao caso E-Toupeira. A SAD encarnada foi notificada acerca da acusação de 28 crimes de falsidade informática, um de corrupção ativa e outro de oferta ou recebimento indevido de vantagem na última quinta-feira, um dia depois de a própria Procuradoria-Geral Distrital de Lisboa ter publicado a decisão judicial no site oficial.

A partir desse dia, a equipa de advogados que defende os encarnados tem 20 dias úteis para requerer a instrução do processo, o que, em termos práticos, quererá dizer que o mesmo pode ser feito até 3 de outubro. Uma vez que o processo não é público, estando em segredo de Justiça, o pedido levado a cabo pelas águias carece de aprovação por parte do Ministério Público. Este último poderá opor-se, caso depreenda que a referida consulta poderá colocar em causa o ato da investigação, ficando a decisão nas mãos do juiz.

O Ministério Público pede uma pena acessória de inibição de participação em competições desportivas por parte da águias, que podem ficar sem jogar entre seis meses e três anos, incorrendo ainda a SAD benfiquista na possibilidade de ficar sem apoios estatais entre um e cinco anos.

Em resposta à formalização da acusação, os encarnados, que têm como representantes os administradores da SAD Domingos Soares de Oliveira e Nuno Gaioso, reiteraram inocência e sublinharam que estas imputações do MP são “absurdas e injustificadas”. Além da SAD encarnada são também acusados no âmbito do processo os arguidos Paulo Gonçalves, assessor jurídico da sociedade benfiquista, assim como os funcionários judiciais Júlio Loureiro e José Augusto Silva, estando este último ainda em prisão preventiva.

Comments

comments

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here