Início Vídeos O reencontro emocionante entre Rui Costa e Katsouranis

O reencontro emocionante entre Rui Costa e Katsouranis

0
0
COMPARTILHE

Rui Costa recebe visita muito especial em Atenas. O Benfica está na Grécia onde vai defrontar o AEK esta terça-feira, na 2.ª jornada da fase de grupos da Liga dos Campeões. E Katsouranis, ex-jogador do Benfica, foi ter a comitiva encarnada onde reencontrou um velho amigo: Rui Costa. Os dois antigos futebolistas jogaram juntos em 2006/07 e 2007/08 no Benfica e a ligação entre ambos ficou bem visível neste reencontro partilhado pelo Benfica nas redes sociais. Rui Costa, atual administrador da SAD e ex-capitão dos encarnados, recebeu-o efusivamente.

Rui Vitória está à espera de dificuldades na partida desta terça-feira, na Grécia, frente ao AEK, mas deixou a certeza que o Benfica tudo fará para regressar a casa com três pontos na bagagem. O técnico assegura, por outro lado, que ninguém na equipa pensa no clássico com o FC Porto – o foco para já é a Liga dos Campeões – e não revela quem vai jogar no lugar de Jardel.

O treinador do AEK Atenas, Marinos Ouzounidis, considerou que os gregos devem “ganhar de qualquer forma” ao Benfica na terça-feira, o único modo de alimentarem expectativas de apuramento no grupo E da Liga dos Campeões de futebol. “Temos de ganhar de qualquer forma, para termos esperanças no futuro. O jogo com o Ajax deu-nos uma lição sobre o que temos de fazer neste tipo de jogos: ter uma defesa muito forte e concretizar em golo todas as oportunidades”, resumiu.

Gregos e portugueses ainda não pontuaram, depois do Benfica ter perdido em casa por 2-0 com os alemães do Bayern Munique e o AEK por 3-0 na visita aos holandeses do Ajax. “Temos de estar concentrados nos 90 minutos, pois já sabemos o quanto custa um minuto de desconcentração. Não podemos cometer faltas e devemos estar muito fortes, tanto a defender como a atacar”, completou.

Do Benfica, observa ser um conjunto ainda à procura do valor apresentado nos anos anteriores, entendendo que é um rival com “muitos jogadores jovens” e, também por isso, “ainda com pouca experiência” na Europa. “Ainda têm trabalho pela frente”, apontou, destacando o perigo que o rival português constitui “no contra-ataque”, além de elogiar os “alas fortes”.

Marinos Ouzounidis diz que o desafio será “importante para as duas equipas, mas mais para o Benfica”, considerando ainda que o Bayern Munique “está a um nível superior” ao dos restantes adversários, que “vão decidir nos jogos entre si, os mais importantes, quem passa à próxima fase”.

Comments

comments

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here