Início Champions Júlio Panão: “O Benfica é como uma religião que eu venero”

Júlio Panão: “O Benfica é como uma religião que eu venero”

1384
0
COMPARTILHE

Júlio Panão é um benfiquista que nas últimas semanas tem feito sucesso na rede social do facebook e também no youtube. Este adepto tem feito versões de músicas mas adaptadas ao Benfica. Se pesquisarem aqui pelo Carrega Benfica, vão encontrar praticamente todas as versões deste incondicional adepto do emblema da Luz. Fique com a entrevista.

Como surgiu a ideia de fazer cover’s adaptados ao Benfica?

Júlio Panão: Eu já sou músico há mais de 20 anos, e costumo escrever algumas letras, perto do fim da época comecei a escrever um livro de poesia dedicado à grande época que o Benfica estava a fazer, livro esse que irá ser lançado dia 14 de Dezembro na livraria Desassossego em Lisboa, um dia estava no banho a cantar e veio-me à ideia a música Hallelujah, comecei a cantar mas com sou Benfica, depois decidi escrever a música toda, depois desta vieram outras adaptações, que decidi gravar em vídeo para partilhar com todos os benfiquistas.

O que significa para si o Benfica?

Para mim o Benfica é como uma religião que eu venero, faz parte de mim, é o sangue que me corre nas veias, um amor sem explicação, eu vibro com as vitórias, eu choro com as derrotas, eu perco a fome, o Benfica é tudo para mim. Muitas vezes a minha mulher diz que eu gosto mais do Benfica do quê dela e dos filhos, já lhe disse que são amores diferentes que não tem comparação, nasci Benfica e vou morrer Benfica.

 

“Para mim o Benfica é como uma religião que eu venero, faz parte de mim, é o sangue que me corre nas veias, um amor sem explicação, eu vibro com as vitórias, eu choro com as derrotas, eu perco a fome, o Benfica é tudo para mim

Costuma ir ao estádio apoiar o Glorioso?

Sempre, raramente falho, já tenho REDPASS há alguns anos, e estou lá sempre para apoiar.

Das versões que já realizou, tem alguma preferida?

A minha preferida é a “Sou Benfica” (Hallelujah), talvez por ter sido a primeira, e também a que me deu a conhecer aos benfiquistas, e também pela carga emocional que transmite deixando muita gente arrepiada, até eu me arrepio quando a canto.

Júlio com o Barbas e o Máximo (Foto: Facebook Júlio Panão)
Júlio com o Barbas e o Máximo (Foto: Facebook Júlio Panão)

Como tem sido o feedback dos adeptos ?

O feedback tem sido bom, recebo muitas mensagens de apoio, outras que vêem de adversários que sabem reconhecer o meu valor, outras menos boas de quem tem inveja e dor de corno é por isso dizem mal e chamam-me nomes, mas isso quer dizer que nós benfiquistas temos valor e importância, porque eles perdem o seu tempo para nos chingar.
A música “Cantando” versão do “Bailando” está a ser um sucesso com mais de 70 mil visualizações em apenas 5 dias, está a ser muito bom.

Vai realizar mais covers adaptados ao Benfica brevemente?

Sim certamente, já tenho algumas ideias para concretizar, e alguns vídeos para publicar.

Comments

comments

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here