Início Liga BOMBA: Ministério Público vai acusar FC Porto e árbitro de CORRUPÇÃO

BOMBA: Ministério Público vai acusar FC Porto e árbitro de CORRUPÇÃO

0
0
COMPARTILHE

O árbitro Manuel Oliveira (AF Porto) recebeu bilhetes para os Camarotes Exclusivos do Estádio do Dragão e APÓS esse facto fez uma arbitragem tão má no empate “Benfica 1- Setúbal 1”, da época 2016/2017 que na jornada seguinte foi para a “jarra” e nem sequer foi nomeado para nenhum jogo, por parte do Conselho de Arbitragem!

Perante estes factos irrefutáveis, que aliás são do domínio público há mais de 2 anos, espera-se que o Ministério Público ACUSE o árbitro Manuel Oliveira (AF Porto) e a FC Porto SAD de CORRUPÇÃO DESPORTIVA, tendo obtido vantagens desportivas “comprovadas” … através da oferta de bilhetes para os camarotes do Estádio do Dragão ao árbitro em questão!

Afinal, foi essa a argumentação do Ministério Público no caso e-toupeira, que nem dizia respeito a um árbitro no activo… mas sim a um funcionário de um tribunal e ex-observador da 1ª Liga. Manuel Oliveira (árbitro da AF Porto) de 2013 a 2018 já arbitrou o FC Porto por 13 vezes, com 9 vitórias do Porto, 3 empates e 1 derrota.

O Ministério Público, deste país à beira-mar plantado, escusa de agradecer a investigação do “NGB – Blog Geração Benfica”, e agora apenas se espera a rápida constituição como ARGUIDOS do árbitro Manuel Oliveira (AF Porto) e da FC Porto SAD pelos alegados crimes de CORRUPÇÃO DESPORTIVA, em claro benefício desportivo para a FC Porto SAD como contrapartida de ingressos concedidos ao árbitro para o Estádio do Dragão!

Recorde-se que o Ministério Público constituiu a Benfica SAD como arguida, em Setembro de 2018, acusando-a de vantagens desportivas nas épocas 2016/2017 e 2017/2018, pelo facto de o oficial da justiça ter consultado informação fiscal e financeira de 9 árbitros. Ah, espera Correio da Manhã, afinal não são árbitros, são 9 “EX-Árbitros”, quase todos ligados ao famoso Apito Dourado que beneficiou a FC Porto SAD.

PORTUGAL SOCCER UEFA CHAMPIONS LEAGUE

Ou seja a “tese” do Ministério Público deste nosso país à beira-mar plantado é a seguinte: “O Benfica recebeu vantagens desportivas nas épocas 2016/2017 e 2017/2018 oferecendo camisolas e bilhetes para os camarotes da Luz … a troco da informação obtida sobre EX-Árbitros do Apito Dourado e de benefícios de um EX-Observador de árbitros que não exercia actividade na 1ª Liga desde 2016!”

É devido a estas ligações que o nosso “brilhante” Ministério Público considera que as camisolas e bilhetes serviram para obter benefícios desportivos … através de uma pessoa que já não era Observador da Liga, à data dos factos, e que obteve informações sobre… Ex-Árbitros!

FONTE: BLOG GERAÇÃO BENFICA

Comments

comments

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here